Estratégia de fornecimento de concentrado para vacas da raça holandesa em pastagem de coast-cross



1. Resumo

O experimento foi conduzido na Embrapa-Centro Nacional de Pesquisa de Gado de Leite, Coronel Pacheco, MG, objetivando avaliar formas de fornecer 6 kg de concentrado para vacas em pastagem de coast-cross: A - quantidade fixa, e B - quantidade variável (9, 6 e 3 kg/vaca/dia, respectivamente na primeira, segunda e terceira fase da lactação). O delineamento foi o de blocos ao acaso e duas repetições de pastagem, com os tratamentos organizados em parcelas divididas. Nas parcelas, consideraram-se os critérios de distribuição de ração, e nas subparcelas, as fases de lactação. O fornecimento variável de concentrado favoreceu (P < 0,05) a taxa de lotação da pastagem na primeira fase de avaliação. As produções diárias de leite obtidas foram de 21,5 (±2,8) e 25,5 (±2,6) kg/vaca (P < 0,05), 64,5 (±7,1) e 96,9 (±10,3) kg/ha (P < 005), na primeira fase de avaliação; 19,8 (±2,4) e 20,6 (±2,3) kg/vaca (P > 0,05), 93,1 (±10,8) e 94,8 (±10,9) kg/ha (P > 0,05) na segunda; 14,2 (±2,2) e 13,4 (±2,3) kg/vaca (P > 0,05) e 102,2 (±12,4) e 93,8 (±10,5) kg/ha (P > 0,05) na terceira, respectivamente em relação a A e B. A dose variável mostrou ser a mais indicada para suplementar vacas Holandesas em pastagem coast-cross.

Termos para indexação: consumo de forragem, Cynodon dactylon, pastejo, produção de leite, taxa de lotação.

Strategy of giving concentrate to lactating holstein cows grazing coast-cross pasture

2. Abstract

The trial was carried out at the Embrapa-Centro Nacional de Pesquisa de Gado de Leite, at Coronel Pacheco, Brazil, to evaluate two ways of feeding 6 kg/day of a concentrate mixture to cows grazing a coast-cross pasture: A - a fixed amount, and B - a variable amount (9, 6 and 3 kg/cow/day for the first, second, and third stage of lactation). A randomized block design was used with two replications for land grazing area, with the treatments organized in split plots. In the plots, the ways of feeding of distributing the ration concentrate were considered, and in the split plots, the phases of lactation were used. Feeding variable amount of concentrate affected (P< 0.05) pasture stocking rate only in the first stage of lactation. Milk productions were 21.5 (±2.8) and 25.5 (±2.6) kg/cow (P < 0.05), 64.5 (±7.1) and 96.9 (±10.3) kg/ha (P < 0.05) in the first phase of lactation; 19.8 (±2.4) and 20.6 (±2.3) kg/cow (P > 0.05), 93.1 (±10.8) and 94.8 (±10.9) kg/ha (P > 0.05) in the second phase; 14.2 (±2.2) and 13.4 (±2.3) kg/cow (P > 005) and 102.2 (±12.4) and 93.8 (±10.5) kg/ha (P > 0.05) in the last phase, respectively for A and B. The variable dose was the best indicated to supplement Holstein dairy cows in coast-cross pasture.

Index terms: forrage consumption, Cynodon dactylon, grazing, milk production, stocking rate.

3. Introdução

Constata-se atualmente no Brasil tendência de maior especialização dos sistemas de produção de leite, nos quais sejam usados animais de potencial genético elevado. Segundo Botrel et al. (1994), essa especialização ocorre principalmente nas regiões Sul e Sudeste, onde se encontram as principais bacias leiteiras do país. Diante disso, aumenta a demanda por informações sobre volumosos de boa qualidade, capazes de reduzir os custos da alimentação.

alimentos eficientes para vacas em lactação, possibilitando alcançar produções de leite em quantidades entre 15 e 22 t/ha/ano. Conforme Assis (1982), em sistemas de produção de leite menos intensivos, nos quais os animais têm acesso às pastagens, a alimentação animal é de custo menor do que em sistemas mais intensivos, onde os animais são mantidos estabulados. Para Matos (1995), no caso do Brasil, o setor leiteiro deve levar em consideração a existência de área territorial extensa, de clima predominantemente tropical, favorável à produção de biomassa pelas gramíneas do grupo C4.

Vilela et al. (1996) e Alvim et al. (1997) avaliaram a alternativa de intensificação da produção de leite de vacas da raça Holandesa com potencial genético para produzir de 6 a 7 mil kg/lactação, mantidas em pastagem de coast-cross, irrigada e adubada, registrando produções próximas de 17 e de 20 kg/vaca/dia, respectivamente quando os animais receberam 3 ou 6 kg/dia de concentrado. Esses autores mostraram que a alimentação das vacas na pastagem recebendo 3 kg de concentrado teve custo menor do que a de vacas em confinamento. A capacidade de suporte da pastagem atingiu, em média, 5,5 vacas/ha. Os autores concluíram que pastagem de coast-cross constitui alternativa economicamente viável para alimentar vacas da raça Holandesa em lactação e garantir a intensificação da produção de leite na pastagem.


Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.