Dificuldade de aprendizagem na língua portuguesa



Partes: 1, 2, 3
  1. Síntese
  2. Introdução
  3. Caracterização da amostra
  4. Métodos e Técnicas
  5. Fundamentação teórica
  6. Análise e tratamento dos resultados
  7. Conclusões
  8. Recomendações
  9. Bibliografia

Síntese

O presente trabalho insere-se no quadro do trabalho de licenciatura que todos os estudantes do Instituto Superior de Ciência de Educação (ISCED), após concluído o plano curricular devem cumprir com vista à obtenção do grau de licenciatura.

Em face disto, propusemo-nos a investigar, as «Dificuldades de Aprendizagem na dislexia e disgrafia no ensino de adulto III nível» no colégio Nossa Senhora da Conceição, em Benguela, cujos os propósitos previamente definidos levaram a escolha de uma metodologia que se destaca uma pesquisa do tipo descritiva.

O trabalho está estruturado em quarto partes fundamentais, sendo a primeira uma perspectiva abrangente sobre conceitos e teoria a volta do tema, a segunda dedicada a metodologia aplicada, fazendo referência ao problema científico, objectivo, hípoteses, variáveis, método e instrumentos utilizados em investigação pedagógica, a terceira parte faz referência a recolha, análise e interpretação dos resultados obtidos ao longo da investigação e a quarta parte faz referência as propostas para o desenvolvimento da leitura e da escrita, e posteriormente as conclusões, recomendações, bibliografias e anexos.

Durante a investigação e com a metodologia utilizada para a recolha de informação espelha da na aplicação dos inquéritos aos alunos e professores, bem como os testes aplicados nas aulas dadas através das fichas de observação individual para a dislexia e disgrafia possibilitou confirmar que existem alunos apresentando casos de dislexia e disgrafia no colégio Nossa Senhora da Conceição.

Tendo em conta a riqueza dos dados recolhidos e da análise dos resultados obtidos.

O objectivo central da investigação, consiste em identificar os factores que estão na base das dificuldades de aprendizagem da dislexia e disgrafia, no ensino de adulto na disciplina de língua portuguesa, com o propósito de oferecer informações que contribuem a melhorar o rendimento da aprendizagem da disciplina de língua portuguesa.

Introdução

A aprendizagem é um processo de aquisição e assimilação mais ou menos consciente, de novos padrões e novas formas de perceber, ser, pensar e agir.

Assim, «os educadores não podem limitar o saber fazer mas devem estar consciente e dar razões porque procedem desta e daquela forma. É que a tarefa educativa não é só uma arte que se aprende empiricamente, mas radica em reflexões profundas de natureza filosófica e em acuradas investigações de índole científica. Só tomando consciência destes pressupostos básicos poderão, os educadores fazer uma obra verdadeiramente humana» (A. Ngula 2003 p.96)

A dislexia e a disgrafia como dificuldades especificas da aprendizagem, tornam-se não só um problema social como também um problema económico cultural (seg. Politzer citado por Victor da Fonseca 1984 p.125).

Só o facto de não saber ler nem escrever representa uma injustiça social, porque os que não sabem ler nem escrever estão condenados a incultura, a ignorância ao analfabetismo e a manipulação social. O perigo de uma sociedade analfabeta, dependente, imatura e inculta é um terreno propício a desigualdade e a opressões de vária ordem.

Sendo o elevado índice do insucesso escolar uma preocupação, propusemo-nos a iniciar um estudo sobre esta matéria com o tema «Dificuldade de aprendizagem na Língua Portuguesa no ensino de adulto». Deste modo dirigimos a nossa investigação no Colégio Nossa Senhora da Conceição-Benguela no ensino de Adultos do III nível.

Justificação Do Tema

Escolhemos este tema para o trabalho de Licenciatura, de acordo com a problemática relativa às dificuldades de aprendizagem na disciplina de língua portuguesa no ensino de adulto, no quadro do sistema de ensino dos alunos do III nível, do colégio Nossa Senhora da Conceição em Benguela.

Tendo em conta a importância do tema para o aperfeiçoamento do trabalho da aprendizagem, sentimo-nos coagidos a trabalhar em simultâneo com o corpo docente deste estabelecimento de ensino, para melhorar o sistema de ensino que influencia de forma directa e indirecta o rendimento do aluno.

Problema de Investigação.

Que dificuldades apresentam os alunos da 7ª e 8ª classe da escola Nossa Senhora da Conceição, na aprendizagem língua portuguesa no ensino de adulto?

Objectivo Geral

Identificar os factores que concorrem para as dificuldades da aprendizagem na Língua Portuguesa nos alunos (7ª e 8ª classes) ensino de adulto da escola Nossa Senhora da Conceição Benguela.

Objectivos Específicos

1. Determinar as causas que intervêm nas dificuldades de aprendizagem na língua portuguesa da escola Nossa Senhora da Conceição Benguela.

2. Descrever os factores que estão na base das dificuldades de aprendizagem na Língua Portuguesa no ensino de adulto da escola Nossa Senhora da Conceição Benguela

3. Propor uma estratégia para a superação das dificuldades na língua portuguesa que os alunos hoje apresentam da escola Nossa Senhora da Conceição Benguela.

Hipóteses.

Tendo em conta a importância do tema em questão e por se tratar de uma pesquisa descritiva, traçamos as seguintes hipóteses:

    • Os alunos com maior dificuldade na Língua Portuguesa são os que tiveram, como sua língua materna, as línguas nacionais.
    • O facto de serem trabalhadores, estudantes e chefes de família.

Estes factores contribuem para as dificuldades de aprendizagem na Língua Portuguesa.

Variáveis

  • Língua Materna
  • Trabalhador estudante
  • Responsabilidade familiar
  • Leitura
  • Escrita
  • Interpretação
  • Gramática
Partes: 1, 2, 3

Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.